::2019

Entre Cães e Lobos + Gentileza de um gigante. Atos de Fala. Rio de Janeiro, Brazil. Maio.

Entre Cães e Lobos + Gentileza de um gigante. Festival Internacional de Danza de Uruguay – FIDCU. Montevidéu, Uruguai, Maio. (a confirmar)

Entre Cães e Lobos. Residência e apresentação pública. Fábrica das Ideias – 23 Milhas. Ílhavo, Portugal. April 17-Maio 3. Estréia, 3-4 Maio.

Entre Cães e Lobos. Residência. Espaço do Tempo. Montemor-o-Velho, Portugal. Março 25-31.

Entre Cães e Lobos. Residência e  apresentação pública. NAVE. Santiago, Chile. Janeiro 21-Fevereiro 3.

::2018::

Gentileza de um gigante. Festival JUNTA. Teresina, Brasil.  15 de Novembro.

Entre cães e lobos – residência artística, Festival Verão Azul/Cine-Teatro Louletano. Loulé e Lagos, Portugal. 15-Out – 03-Nov. Dia 30 de Outubro, conversa pública.

Entre cães e lobos – residência artística, Festival Materiais Diversos. Minde, Portugal. Outubro 1-10.

Viagem a uma planície enrugada. SESC Avenida Paulista. São Paulo, Brasil. 16-19 de Agosto

Gentileza de um gigante. SESC Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, Brasil. 14 de Agosto.

Gentileza de um gigante. SESC Avenida Paulista. São Paulo, Brasil. 9-12 de Agosto.

Cortado por todos os lado, Aberto por todos os cantos. Apresentação. Teatro Micaelense, no quadro do Festival Walk & Talk, Ponta Delgada, Açores, Portugal. Junho 29 & 30.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos – estréia no Teatro Nacional Dona Maria II, no quadro do Alkantara Festival. 29, 30 e 31 de Maio.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos  – residência artística + apresentação pública. Ilustração à Vista, Centro Cultural de Ílhavo, Ílhavo, Portugal.  Abril 24 – Maio 6.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos – Residência de montagem – Teatro Nacional Dona Maria II, no quadro do Alkantara Festival. 6-20 Abril.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos – residência artística. Centro de Artes Performativas do Algarve – CAPA/Devir, Faro, Portugal. Março 6-18.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos – residência artística. Espaço do Tempo, Montemor-o-Novo, Portugal. Fevereiro 6-18.

Gentileza de um gigante, Théatre de la Tête Noire, Saran, França. Fevereiro 1, 2 e 3.

Viagem a uma planície enrugada, 36th Fajr International Theatre Festival 2018, Teerã, Irã. Janeiro 25 e 26.

::2017::

Viagem Redonda, Quarta tem Dança!, Goiânia, Brasil. Novembro 29.

Onde o horizonte se move, Topias Urbanas & Teatro Maria Matos, Lisboa, Portugal. Setembro 22.

Gentileza de um gigante, Bienal SESC de Dança, Campinas, Brasil. Setembro 16.

Viagem a uma planície enrugadaBienal SESC de Dança, Campinas, Brasil. Setembro 15.

Viagem Redonda, no Feria de Movimiento, Coquimbo, Chile. Setembro 1 e 2.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos – Residência artística no Teatro Micaelense, no quadro do Walk & Talk Festival de Artes, Ponta Delgada, Açores, Portugal. Julho 17-27. Apresentação pública: Julho 27.

Cortado por todos os lados, Aberto por todos os cantos – Programa Artista Residente do Instituto de Artes- IA da Unicamp, São Paulo, Brasil. Fev-Jun. Apresentações públicas: Junho 28 & 29.

No meio daquilo que vemos, SESC Bom Retiro, São Paulo, Brasil. Maio 20 e Junho 24.

Onde o horizonte se move, SESC Pompéia, São Paulo, Brasil. Maio 13, 14, 20 e 21.

::2016::

Viagem a uma planície enrugada | Gentileza de um gigante. Residência e apresentação. Arqueologías del Futuro, Buenos Aires. Dezembro 10-17, 2016.

Onde o horizonte se move, Instituto Psiquiátrico da UFRJ, Residência de conclusão. Rio de Janeiro. 7-11 de Novembro, 2016.

Bocetados. Projeto-laboratório em colaboração com 7 performers chilenos e 1 coreógrafa argentina, Festival Danzalborde, Valparaíso. 23-29 Outubro, 2016.

Gentileza de um gigante, Festival Walk & Talk, extensão na Ilha Terceira. Teatro do Alpendre, Angra do Heroísmo. Setembro 24, 2016.

Onde o horizonte se moveAún (Still/Yet) – 44 Salón Nacional de Artistas, Pereira, Colômbia. Setembro 23 & 24, 2016.

Gentileza de um gigante, O Museum como Performance, Museu Serralves, Porto. Setembro 18, 2016.

Gentileza de um gigante, Festival TODOS, Lisboa. Setembro 9, 2016.

Práticas Site-specific, And_Lab Escola de Verão, Escola das Gaivotas, Lisboa. Julho 6-8, 2016.

Gentileza de um gigante. Teatro Michaelense em parceria com o Festival Walk & Talk, Ponta Delgada, Açores. 04 de Junho 2016.

Aqui enquanto caminhamos, Modos de Existir 6, SESC Santo Amaro, São Paulo. Junho 24 & 25, 2016.

Viagem redonda, Modos de Existir 6, SESC Santo Amaro, São Paulo. Junho 23, 2016

Onde o horizonte se move. Residência de criação com pacientes, artistas e profissionais de saúde no Instituto Psiquiátrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro – PUB, Rio de Janeiro. Maio 2016.

Gentileza de um gigante – Viagem a uma planície enrugada (in progress). Festival Atos de Fala, Oi Futuro Ipanema, Rio de Janeiro. Maio 2016

Gentileza de um gigante – Viagem a uma planície enrugada. Residência de criação + apresentação. PAR & FIDCU – Festival Internacional de Danza do Uruguay. Abril-Maio 2016.

Gentileza de um gigante. Première européia. Espaço Negócio/ZDB, Lisboa. Residência: Março 14-29 Março. Apresentações dias 30 & 31 Março, 1 e 2 de Abril, 2016.

Gentileza de um gigante. Residência de criação. Espaço do Tempo, Montemor-o-Novo/Pt. 7-13 Março 2016.

Gentileza de um gigante. Residência de criação. Archipélago Centro de Arte Contemporânea, Ribeira Grande, Açores/Pt. 29 Fev-6 Março 2016.

No meio do que vemos, laboratório de práticas site-specific parte do projeto de intervenções Veículo de Intimidade em torno da Colecção de Cartazes de Ernesto de Sousa, Museu Berardo, Lisboa. Fevereiro 19-20, 2016.

::2015::

Gentileza de um gigante (work in process).  Teatro da Politécnica, Festival Temps d’Images, Lisboa. 19 e 20 Dezembro 2015.

Gentileza de um gigante. Residência de criação. Largo Residências, Lisboa. 1-14 Dezembro 2015.

Onde o horizonte se move. Residência artística + apresentações. NAVE. Santiago do Chile, Chile. Novembro 2-23, 2015.

Quem anda no chão, quem anda nas árvores, quem tem asas. SESC Belenzinho, São Paulo, Brasil. 16, 17 e 18 de Outubro 2015.

Quem anda no chão, quem anda nas árvores, quem tem asas. Dança Gamboa, Galpão Gamboa. Rio de Janeiro, Brasil. 10 e 11 de outubro, 2015.

Onde o horizonte se move. Bienal de Dança do SESC, Campinas, Brasil. 24-25 de Setembro 2015.

Aui enquanto caminhamos. Crossing the line, FIAF. Nova Iorque, EUA. 19 e 20 de Setembro, 2015.

DRIFT. Artista convidado e mentor no Programa de treinamento para artistas, Gargarulho, Miguel Pereira, Brasil. Julho 25-1 de Agosto, 2015.

Site-specific practices: performing the space. Palestra no Largo das Artes. Rio de Janeiro, Brasil. 5 de maio.

Site-specific practices: performing the space. Em colab. com Fernanda Eugénio. Workshop + Conversas. Hemispheric Institute for Performance and Politics – New York University. Nova Iorque, EUA. Abril 2015.

Viagem Redonda. Centre Wallonie-Bruxelles, Festival Artdanthé. Paris, France. Apresentação dia 16 Março 2015.

Onde o horizonte se move. Mercat de les Flors. Barcelona, Espanha. Residência artística 27 de fevereiro – 12 Março. Apresentações Março 13, 14 e 15.

Curso Dança e Comunidade. Fórum Dança. Lisboa, Portugal. Fevereiro 13,14, 20 e 21, 2015.

Viagem Redonda. Residência artística no Centre Bruxelles Wallonie. Paris, França. Fevereiro 9-11, 2015.

Danse en Situation – laboratoire. Master Departement de Danse, Université Paris VIII. Paris, França. Fevereiro 2-6, 2015.

Site-specific practices: performing the space – LAB (em colab. com Fernanda Eugénio), San Art Gallery. Ho Chi Minh City, Vietnã. Janeiro 8-28, 2015.

 

Foto : Tiago Cadete